sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Lista de Oração de Jerusalém – 06 de outubro de 2016

Por Joseph Shulam – Jerusalém, Israel

Este é o último shabat antes de Iom Kipur (Dia do Perdão). Este shabat é chamado “Shabat Shuvá”. Shabat Shuvá significa Sábado de Arrependimento. A razão para esse nome é porque a leitura dos profetas é do livro de Isaías 55:6-56:8. “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar.” Isaías 55:6,7
                O que podemos aprender do texto acima do livro de Isaías?
1.       “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar”: o Senhor tem uma época em que pode ser achado, mas há um limite de tempo para esse período. Este é um ensinamento bíblico encontrado no livro de Gênesis. Deus disse ao nosso pai Abraão: “Então disse a Abrão: Saibas, de certo, que peregrina será a tua descendência em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos, mas também eu julgarei a nação, à qual ela tem de servir, e depois sairá com grande riqueza. E tu irás a teus pais em paz; em boa velhice serás sepultado. E a quarta geração tornará para cá; porque a medida da injustiça dos amorreus não está ainda cheia.” Gênesis 15:13-16
- O Senhor não lançou fora as sete nações da Terra de Canaã por causa da retidão do povo de Israel, como está escrito: “Quando, pois, o Senhor teu Deus os lançar fora de diante de ti, não fales no teu coração, dizendo: Por causa da minha justiça é que o Senhor me trouxe a esta terra para a possuir; porque pela impiedade destas nações é que o Senhor as lança fora de diante de ti.” Deuteronômio 9:4
- Vai chegar um tempo em que o Senhor não mais aceitará as nossas orações e será tarde demais para se arrepender. Isto é verdade tanto para indivíduos como para tribos, povos e nações. “Tu, pois, não ores por este povo, nem levantes por ele clamor ou oração, nem me supliques, porque eu não te ouvirei.” Jeremias 7:16
- Leve isto em consideração: o Senhor disse que mesmo se esses dois grandes homens de Deus, Moisés e Samuel, se colocassem diante de Mim para interceder por este povo, não mudarei de ideia em favor do povo – eu ainda os enviarei para a diáspora.
2.       Existe um momento de oportunidade, um tempo onde você está perto de Deus e Ele está perto de você. Este é um tempo onde Deus está esperando por você e Ele te dá momentos e oportunidades de voltar para Ele. Este “voltar” chama-se “ARREPENDIMENTO” ou “RETORNO”. O apóstolo Paulo define este processo aos cidadãos de Atenas, Grécia, quando ele falou aos juízes da Suprema Corte de Atenas: “Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam; porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos.” Atos 17:30,31
3.       A próxima coisa que aprendemos desse texto de Isaías 55 é a definição de ímpio e de homem maligno e o que Deus espera deles e de todos nós: “Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos”.
- Uma pessoa ímpia é aquela que não pensa antes de tomar uma atitude e faz o que é mal, mas sua motivação não é previamente calculada com intenção maligna.
- Uma pessoa maligna é aquela que sabe o que é “CERTO”, mas ele pensa a respeito e calcula seus atos malignos com intenção e premeditação.
4.       O Senhor chama tanto o ímpio quanto o homem maligno a retornarem para Ele. Isso é o “ARREPENDIMENTO” – Deus está chamando o pecador para voltar para Ele. Pecado é a separação entre Deus e o homem. O pecado nos separa de Deus e faz com que Deus ignore nossas petições e feche Seus olhos e ouvidos para nosso clamor. Mas, se nos voltarmos para Ele, isso irá acontecer: “se compadecerá dele...porque grandioso é em perdoar”.
Temos o mesmo Deus que Isaías e o povo de Israel tem, desde o chamado de Abraão nosso pai até a cruz de Yeshua nosso Messias e até agora e até o fim dos tempos.
Este Shabat todos os judeus em todas as sinagogas ao redor do mundo             lerão este texto de Isaías. Seria maravilhoso se cada cristão orasse a Deus pela salvação de Israel, para que as palavras de Isaías sejam aceitas e recebidas e para que o tempo oportuno do Senhor seja recebido. Seria maravilhoso se todas as igrejas e comunidades de discípulos de Yeshua ao redor do mundo meditassem sobre seus próprios pecados e voltassem para Deus. Por favor, ore por isso tanto para os judeus quanto para sua igreja e comunidade.
Organizações religiosas, igrejas, denominações e organizações ensinam os pecadores a se arrependerem e voltarem para sua igreja ou denominação. Eles ensinam que a igreja tem o poder de perdoar pecados e redimir o pecador. Mas não é isso que a palavra de Deus ensina. O Senhor disse: “Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei. Porque com alegria saireis, e em paz sereis guiados; os montes e os outeiros romperão em cântico diante de vós, e todas as árvores do campo baterão palmas.” Isaías 55:11,12. Este é o fim do jogo, queridos irmãos e irmãs. No fim, Deus e Sua Palavra (a palavra impressa e a palavra viva – o próprio Yeshua) serão vindicados e todas as promessas de Deus serão cumpridas e não só o homem, mas a natureza e a terra em si irão voltar para Deus, o Criador. A única pergunta é se sabemos como aproveitar este momento oportuno, quando os portões do arrependimento estão abertos e o coração de Deus está cheio de compaixão e o nosso veredicto ainda não foi selado. O momento onde voltamos para Deus e retornamos a Ele, com todo nosso coração, com toda nossa alma e com todo nosso ser. Os dez dias entre Rosh Há Shaná e Iom Kipur são chamados Dias Temíveis – os dias terríveis, mas também são o tempo do favor de Deus, onde Ele nos espera como indivíduos e como nação, para retornarmos a Ele. Para que Ele tenha compaixão de nós e nos perdoe abundantemente.
Vamos orar uns pelos outros e por nossas nações e comunidades para ouvir e receber as palavras do profeta Isaías, proferidas no século 8 a.C.
Ore pelo Estado de Israel. Nos últimos dias tem acontecido uma chuva de foguetes de Gaza nas cidades do sul de Israel e também no norte do deserto do Negev. Casas e propriedades foram destruídas, mas acima de tudo, houve a perturbação da vida durante este período de festas, quando as famílias estão reunidas celebrando e buscando o arrependimento. Este é provavelmente o maior dano causado pelo terrorismo – plantar o medo, a ansiedade e a perturbação na vida cotidiana.
Israel enviou alguns jatos F-16 para bombardear prédios vazios que pertenciam à organização terrorista do Hamas e no caminho de volta para casa, um desses jatos caiu e o piloto morreu. Este piloto era o segundo em comando do esquadrão. Este é o mesmo esquadrão que Emanuel Levi – que era o piloto número um da força aérea do exército de Israel – pertencia, quando ele sofre um acidente, seu jato caiu e ele morreu, há cinco anos. Emanuel nasceu e cresceu em nossa congregação, aqui em Jerusalém. Mais uma vez, temos outra vítima e mais uma família enlutada em Israel. Nós nos sentimos próximos desses jovens e suas famílias, que carregam o peso de lutar pelo único lar que os judeus têm no mundo – a terra que Deus deu ao nosso pai Abraão e à sua semente para sempre. Ore por essa terra, pelo cumprimento das profecias de Deus para Israel e para o mundo.
Ore pela mãe do Yuri – ela tem 79 anos de idade e sofreu um grave derrame e está em coma no hospital. Oramos para que as misericórdias do Senhor sejam reveladas à família e a todos os que trabalham naquele hospital.
Por favor, continue orando pela minha família. A Marcia está agora com nosso filho Barry, Beth e Joseph, indo para o leste do Tenesse, para estar com seus pais até o feriado americano de Ações de Graça. Barry precisa especialmente das suas orações. Ele está aguardando o resultado de uma gastroscopia e de algumas biópsias. Nosso filho tem sofrido por alguns anos com problemas gástricos. Nós oramos e confiamos em Deus pela cura do Barry e por sabedoria para saber o que tem que ser feito. Marcia ficará no leste do Tenesse por mais de um mês e ela precisa da graça e da cura de Deus e de lembrar-se de tomar seus medicamentos e insulina.
Continuamos a orar por Gary, em Jerusalém, pelo Aharon (filho da Nancy e do Don)  que ainda está batalhando contra um tumor no cérebro. Por favor, mantenha-o em suas orações. Ore também por sua família! Yuri Marianenko está lutando contra um câncer de próstata. Nossos maravilhosos irmãos e irmãs mais velhos precisam das nossas orações: Ahuvah Ben Meir, David Stern, Marcia Shulam, Sarit, Miriam, Ilana e Leah.
Por favor, ore também pela cura da minha família: Danah Shulam  minha filha, Noam minha neta, pelo meu filho Barry e minha esposa Marcia. Nós oramos também pelos nossos queridos irmãos e irmãs Ruby, Clara, Paulo, Naomi, Tim Tucker, Anna, Anne-Mirijami, Satu-Maria, Anna-majia, Sinni Tuuli, Erki e Sirpa, Evelina, Eva H., Liz na Geórgia, e os pais da Marcia, Horace e June.
Nós colocamos especialmente perante o Trono da Graça os pais do Marcelo em Belo Horizonte.
                Nós oramos pelos seguintes irmãos e irmãs: Pastor Curita em Tóquio, Toru San, e o marido de Yumi, Sadako San, Shoko San, Takeo Sensei e Tomoko San, todos no Japão.
                Por favor, ore pelo Netyviah, pela distribicao de alimentos, pelo programa de rádio Kol Ha Yeshua e pelas bolsas de estudo, que conseguimos aumentar em quase 100% neste ano letivo.
                Deus abençoe sua vida e tudo o que você faz, especialmente suas orações e apoio ao Netyviah e a Israel.


                Joseph Shulam