quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Papa Francisco: Deus deu a terra prometida a Israel


              Em meio ao alvoroço causado pela resolução da ONU aprovada nessa semana negando qualquer conexão entre o povo judeu e Jerusalém e o Monte do Templo, o Papa Francisco, na quarta-feira, insistiu que o a ligação de Israel com a Terra Santa é antiga e divinamente ordenada.
              “O povo de Israel, que saiu do Egito, onde era escravo, andou pelo deserto por quarenta anos, até chegarem à terra prometida por Deus”, disse o Papa durante m discurso sobre a migração.
              Pouco depois, o pontífice reuniu-se com o vice-ministro israelense para a Cooperação Regional, Ayoub Kara, que, apesar de não ser judeu nem cristão (Kara é membro da população drusa de Israel), disse que as palavras de Francisco foram uma repreensão clara à ONU e sua tentativa de reescrever a história.
              Também na quarta-feira, o porta-voz do Knesset Yuli Edelstein escreveu ao Vaticano urgindo-o a rejeitar com veemência a resolução da ONU, a qual Edelstein chamou de “um ataque à história... e uma profunda ofensa tanto para o cristianismo quanto para o judaísmo”.

              Fonte: Israel Today