quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Israel animado com a indicação de Nikki Haley por Trump

Nikki Haley

            Israel estava entre os primeiros e com certeza era o estado membro da ONU mais animado a dar as boas vindas à escolha do Presidente Eleito Donald Trump para ser embaixatriz do mundo.
           
            A governadora da Carolina do Sul, Nikki Haley, foi selecionada para o cargo na quarta-feira e o embaixador de Israel para as Nações Unidas, Danny Danon, imediatamente comemorou a decisão.
           
            Haley é “há muito tempo uma verdadeira amiga de Israel”, escreveu Danon em uma declaração onde destacou a “luta franca da governadora contra o movimento BDS (Boicote, Desinvestimento e Sanções) em seu estado e em todo os Estados Unidos".

            Enquanto as leis adotadas por Haley não mencionam Israel especificamente, elas proíbem órgãos do governo de fazer negócio com qualquer empresa ou indivíduo que estão engajados no boicote contra uma entidade com a qual a Carolina do Sul comercializa.

            No início do ano, Haley prometeu que se os Republicanos ganhassem as eleições eles iriam, ao contrário da administração de Obama, “fazer acordos internacionais que seriam celebrados em Israel e protestados no Irã, e não o contrário”.

            Danon prometeu que, com Haley preenchendo a posição crítica de embaixadora dos EUA na ONU, "nós, na Missão Israelense, continuaremos trabalhando em plena parceria com nossos amigos na Missão Americana, à medida que fortalecemos o vínculo especial e os valores compartilhados entre Israel e os Estados Unidos."

            Fonte: Israel Today