segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Lista de Oração de Jerusalém – 17 de novembro de 2016

Por Joseph Shulam – Oklahoma City, OK

                A Conferência Messianic Leaders Roundtable (Mesa Redonda dos Líderes Messiânicos) terminou. A melhor parte destes eventos é rever velhos amigos. A segunda melhor parte foi ouvir o Sr. Steven Covey ensinar sobre “Construindo Confiança”. Eu acredito que o Jewish Voice fez um maravilhoso trabalho programando esse evento e estou muito grato de ter sido convidado a participar. O ensino do Sr. Steven Covey e seu livro, The Speed of Trust (A velocidade da confiança), foi algo que eu precisava aprender. Havia mais alguns de nós, líderes judeus messiânicos, que precisavam deste ensino do Sr. Covey a fim de acordar e endireitar seu caminho.
                Foi bom ver em Phoenix irmãos do Brasil, México, África e é claro dos Estados Unidos. A visão de judeus elegendo Yeshua como seu Rabino e Salvador está se espalhando pelo mundo. Sempre ao lado de movimentos autênticos guiados por Deus e pelo Espírito Santo existem os lunáticos, mas enquanto as pessoas sãs ditarem o tom, podemos sofrer com os lunáticos sem perdermos a confiança.
                Eu falei sobre “a necessidade e como reestabelecer nosso relacionamento com a comunidade judaica ‘normativa’”. Meus pontos foram bem claros. Hoje, generalizando, não temos muito relacionamento com a comunidade judaica em Israel ou nos Estados Unidos, porque não somos confiáveis. Como devemos reconquistar a confiança perdida com a comunidade judaica? Primeiramente, precisamos ser honestos e mais do que falar, precisamos agir com honestidade. Para agirmos com honestidade, precisamos de alguns sérios ajustes. Um desses ajustes seria cada um assumir a sua verdadeira identidade, e não fingir que tem a identidade de um judeu. Meu ensino baseou-se nesses dois pontos.
1.       Devemos ser honestos e reconstruir a confiança.
2.       Se dizemos que somos judeus e reivindicamos essa herança, devemos agir como judeus e falar como judeus e também adorarmos como judeus. Não é crível para nós afirmarmos que nossas congregações são identificadas como judaico messiânicas ou, no nosso caso, como judeus discípulos de Yeshua, e vivemos e comemos e agimos e adoramos como típicos cristãos evangélicos. Não podemos construir confiança quando as pessoas pensam que as estamos enganando.
3.       A forma como andamos e comunicamos nossas verdades bíblicas – também tem que ser de forma muito honesta. Não podemos dizer várias vezes ao dia “o Senhor me falou” ou “tive uma revelação de Deus”. Porque se você disser que teve uma revelação e você não ouviu uma voz audível ou teve uma visão clara, não é possível acreditar em você, e por isso você não é honesto e não é confiável.
A grande notícia na minha família é que meu filho Barry terá que se submeter a uma grande cirurgia no dia 6 de dezembro de 2016. Eu e a Marcia mudamos nossos planos de voltarmos para casa na próxima semana e ficaremos nos Estados Unidos por mais duas semanas e voltaremos para casa mais tarde. Queremos estar aqui com o Barry e sua família durante este período da sua cirurgia. Estou pedindo que você ore pelo Barry e por sua família e especialmente pelos médicos que serão guiados e direcionados pelo bom médico Yeshua – Ele pode curar não apenas nossos corpos, mas também nossas almas.
Os Estados Unidos estão no período de transição na presidência. Qualquer que seja sua afiliação política, você tem que parabenizar os EUA pela maneira como o poder é transferido de um lado para o outro. Estou orando e sugiro que você ore também pelo Presidente Eleito Donald Trump. Ele é um homem que terá a chave nuclear em suas mãos por quatro anos. O mundo já está entrando em um tipo de “guerra fria” com a Rússia e a guerra árabe está se aquecendo. Todos nós crentes e discípulos de Yeshua devemos orar pelos Estados Unidos.
Israel está nadando em águas lamacentas de partidos políticos e cada decisão tomada pelo nosso governo tem que passar pela agonia da coalizão de pequenos partidos. A situação política em Israel precisa de uma bênção e uma unção de sabedoria divina, para que nosso governo possa andar nas pontas dos pés através da chantagem política das tulipas envenenadas e dos interesses próprios dos políticos. Por favor, ore por Israel e pela situação política e ore também pela Síria, Iraque, Egito e pela Autoridade Palestina. A fraqueza dos poderes políticos no Oriente Médio está em profunda necessidade de um homem com visão e determinação de viver em paz e de fazer a paz. Agora, a única coisa que nossos vizinhos sabem fazer é mandar seus filhos para matar e serem mortos. Devemos lembrar que a maioria dos nossos profetas profetizou não apenas para Israel, mas para cada um de nossos vizinhos, porque o Deus de Israel é o Deus de todo o mundo e nossos vizinhos árabes são filhos de Deus e Deus ama os árabes também. Eu não quero que Israel sofra e que nossos filhos morram, mas eu também não quero que as crianças árabes e palestinas sofram e morram. Por esse motivo devemos orar até que o Senhor fale conosco como falou com Jeremias: ­­­ “Disse-me mais o Senhor: Não rogues por este povo para seu bem. Quando jejuarem, não ouvirei o seu clamor, e quando oferecerem holocaustos e ofertas de alimentos, não me agradarei deles; antes eu os consumirei pela espada, e pela fome e pela peste.” (Jeremias 14:11,12). Eu não creio que Israel ou nossos vizinhos árabes/palestinos chegaram a esse ponto e eu creio que Deus ouve a oração do justo e por isso eu continuo orando e peço a você que ore também. Eu realmente não creio que temos que correr desse canto de Jerusalém até o outro canto, de leste a oeste e de norte a sul para orar. Você pode orar da sua casa e Deus irá te ouvir e honrar suas orações. Você pode orar por Israel de Seul, Coreia, Singapura, Beijing, da Amazônia Brasileira e dos campos gelados do Alasca. O mais importante é orar com fé e intenção e motivação pura, que irão amaciar o coração de Deus para mostrar misericórdia a seus filhos no Oriente Médio e ao redor do mundo.
A liderança do Netyviah está fazendo um ótimo trabalho liderando e ensinando e encorajando uns aos outros. Estou muito orgulhoso do que Yuda, Daniel, Oleg, Hannah e Nancy estão fazendo e mal posso esperar para retornar pra casa, Israel. Por favor, continuem orando pelos funcionários do Netyviah.
A rádio Kol HaYeshua tem transmitido por 20 anos, 7  dias na semana e milhares de lições bíblicas de mais de 15 professores diferentes têm sido transmitidas e muitas estão no site do Netyviah. Agora eu peço para que orem para que o Senhor abra as portas para que possamos transmitir em uma mídia melhor, que alcançará muito mais pessoas e construirá um ministério via internet mais eficiente que alcançará o mundo. Algumas coisas estão acontecendo para que isso se torne possível, mas precisamos da sua ajuda e das suas orações. Ore para que Deus abra essa porta largamente, para que tenhamos os meios de levarmos as boas novas à população de língua hebraica ao redor do mundo. Precisamos do poder de Deus e de Seus sinais e maravilhas para prover o suporte e o meio que fará isso possível. Agora, estamos transmitindo ensinos maravilhosos e lições bíblicas, mas estamos atirando no escuro. Não importa o quão boa sejam essas balas, se elas não acertam o alvo, se ninguém ouve nosso ensino – é sábio procurarmos por uma nova abordagem e um novo meio de transmissão. Pro favor, orem pela rádio Kol HaYeshua.
Eu peço novamente que você ore pelo meu filho Barry e pelos médicos e funcionários do hospital que participarão da cirurgia do Barry no dia 6 de dezembro.
Continuem orando por mim. Tenho viajado e ensinado sem muita oportunidade para descansar. No final de novembro, nosso seguro viagem terminará e não conseguimos um novo seguro para as duas semanas a mais que ficaremos aqui para cuidar do Barry e de sua família. Não estamos preocupados, mas precisamos de suas orações por proteção e livramento de acidentes e doenças e para que possamos voltar para casa em segurança.
Gostaria que vocês soubessem como eu valorizo o tempo que vocês tiram para falar com Deus em nosso favor e em favor de Israel e dos filhos de Deus ao redor do mundo. Este é realmente um ministério santo, orar pelas pessoas que você nem conhece e de quem você não irá receber nenhuma bênção física neste mundo. Deus abençoe todos vocês por serem parceiros em oração com irmãos e irmãs ao redor do mundo, orando por Israel e por muitos outros nesta terra.
Que o Senhor te abençoe e te guarde e que Ele faça resplandecer o Seu rosto sobre você e te dê a paz!

Joseph Shulam