segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Palestinos reivindicam Manuscritos do Mar Morto escritos em Hebraico


                Os manuscritos do Mar Morto são comprovadamente escritos em hebraico. Mas os palestinos agora estão dizendo que esses documentos antigos são, como o Monte do Templo em Jerusalém, de origem árabe muçulmana.
                Quão ridícula a campanha para deslegitimar Israel se tornou!
                Carmel Shama-Hacohen – Embaixador de Israel na Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) – disse que os palestinos levantaram essa questão informalmente durante uma recente reunião do Comitê Intergovernamental para Promover o Retorno de Bens Culturais aos seus Países de Origem.
                De acordo com o embaixador e com representantes da Autoridade de Antiguidades de Israel, que também estavam presentes na reunião, os palestinos pretendem fazer uma reivindicação formal dos Manuscritos do Mar Morto quando a comissão se reunir em 2017.
                “Esta é mais uma tentativa audaciosa e provocativa dos palestinos de reescreverem a história e de apagar nossa conexão com a nossa terra”, afirmou Shama-Hacohen ao The Jerusalem Post. “Os Manuscritos do Mar Morto são evidências arqueológicas factuais e de peso da presença do povo judeu na terra de Israel.”

                Fonte: Israel Today