terça-feira, 13 de março de 2012

Lista de Oração de Jerusalém, 8 de março, 2012.

Por Joseph Shulam

Hoje é Purim em Israel. É um festival ordenado através do livro de Ester, como está escrito: “Mas os judeus que estavam em Susã reuniram-se no décimo terceiro dia, bem como no décimo quarto e no décimo quinto dia do mês em que descansaram, e fizeram deste um dia de festa e alegria” (Ester 9:18). Este feriado bíblico é um dos mais estranhos de todos os feriados bíblicos porque comemoram a vitória do povo judeu no império persa (iraniano) sobre os seus inimigos, aqueles que queriam aniquilá-los só porque eles eram judeus. As conexões históricas nesta história são incríveis. Hamã, o primeiro-ministro da Pérsia, o Irã, era um descendente direto de Agague o rei amalequita o qual o rei Saul poupou. O evento de que eu estou falando está em 1 Samuel capítulo 15. Por causa de sua ação o rei Saul perdeu seu reino e ele foi dado por Samuel a Daví. Séculos mais tarde, se encontra um descendente de Agague na Pérsia como primeiro-ministro do império do rei Assuero (Xerxes). O ódio de Hamã pelos judeus era a principal motivação para o uso de seu poder. O livro de Ester não menciona Deus no texto, mas quando o lemos, é evidente que há um poder direto por trás de cada evento registrado. Cada detalhe está ligado ao pormenor anterior e influencia os eventos na continuação da história. Cada ação de qualquer dos personagens conduz aos resultados que se seguem e no final, quando tudo parece sem esperança e perdido e os judeus estão prestes a serem exterminados em todo o Império Persa, o jogo vira, os judeus são salvos, e os seus inimigos caem. Hamã e toda a sua família são enforcados na mesma forca que ele havia preparado para Mordecai, o judeu. Claro que a heroína da história é a rainha Ester, ou em seu nome hebraico, Hadassah. É uma parte interessante da história que Ester (seu nome persa) estava escondendo sua identidade judaica e vivendo no palácio como uma das concubinas persas do rei Assuero. Sua identidade escondida, ela se tornou a rainha mais querida do rei. Hamã não sabia que dentro do palácio e no quarto do rei havia uma donzela judia escondida. Somente quando chegou a hora decisiva, pouco antes do momento em que os judeus deveriam ser exterminados em todo o império, Ester concorda em expor sua origem e pedir ao rei o cancelamento do decreto real contra os judeus. Então, o que podemos aprender com a história de Ester e Mordecai o judeu em relação aos dias de hoje e a nossa situação como discípulos de Yeshua, judeus e gentios? Aqui estão alguns pontos interessantes para meditar a respeito:

1. Às vezes Deus permite que as ameaças cheguem quase até o fim antes que Ele intervém e salva o dia. Seu senso de oportunidade é muito diferente do nosso e até mesmo no último minuto, quando tudo parece estar totalmente perdido, nunca é tarde demais para Deus intervir e salvar o dia. Então, não desista e não pare de orar e não perca a esperança, mesmo nas circunstâncias mais improváveis, mesmo se você enfrentar o mar na frente e o inimigo se aproximando atrás de você com uma força poderosa, Deus ainda é soberano e em um minuto pode reverter o curso da história e salvá-lo de sua situação.

2. As ferramentas e os meios que Deus tem nas mãos são intermináveis e inexplicáveis. Quando Deus promete, Suas promessas se tornarão realidade, embora nenhum de nós saiba como e quando, porque temos tudo desenhado em linhas gerais e os detalhes são conhecidos apenas pelo Pai. O que geralmente acontece é que nos esforçamos e sofremos e estressamos para descobrir o como e o quando, mas no final os planos e promessas de Deus são os únicos que se tornarão uma realidade.

3. Fazer sempre as coisas certas tem uma recompensa no final. Mordecai o judeu fez uma boa ação ao rei e estava escrito nos livros do Rei, e depois de muito tempo ele foi bem recompensado pela boa ação que ele praticara para com o rei. Muitas vezes queremos ver os frutos de imediato, e queremos ter reconhecimento e honra e recompensa pelas poucas boas ações que praticamos agora. É sempre aconselhável saber que Deus é um justo recompensador de todos aqueles que O buscam diligentemente. Fazer o que é certo é sempre justo e bom, e permitir que Deus guarde os livros é a única maneira de ter certeza que sempre receberemos a bênção do Todo- Poderoso.

Eu oro para que todos nós sejamos capazes de aprender essas três lições simples do livro de Ester e aplicá-las em nossas vidas. Há outra lição mais complicada a ser aprendida no livro de Ester, e é que, às vezes, nossas atitudes parecem erradas e injustas e até mesmo desonestas, como Mordecai que ensinou Ester esconder sua identidade como uma judia, e a enviou ao palácio do rei para se tornar uma concubina de um rei pagão. Todos na comunidade judaica de Susã provavelmente criticaram Mordecai e Ester por fazerem essas coisas, mas Deus usou essas áreas cinzentas e transformou-as em bênção. Então, devemos ser lentos para julgar os atos dos outros e condenar as pessoas antes de ver o fim das suas obras. Somos muito rápidos para julgar os atos dos outros, especialmente quando não sabemos o que está acontecendo nos bastidores. Deus no livro de Ester está trabalhando nos bastidores e nós na verdade estamos assistindo da sacada. Isso é tão verdadeiro quando se trata do que realmente está acontecendo agora em todo o Oriente Médio. Nós não sabemos, de fato, qual é a parte de Deus em todos os eventos horríveis nos países árabes.

Eu gostaria também que todos vocês orassem pelos irmãos no Oriente Médio, em Israel e nos países árabes, que parecem ter se tornado um pouco confusos quanto à importância de toda a Bíblia como a Palavra de Deus com autoridade, não só para o passado, mas também para o futuro. A única esperança que temos como judeus, cristãos, árabes e como discípulos messiânicos de Yeshua, é permanecer nas promessas de Deus. Se não firmarmos nas promessas de Deus a nossa fé será vã e inútil, porque não teremos futuro, apenas um passado, e não um passado tão glorioso.

Na segunda-feira passei por uma cirurgia e um pequeno carcinoma foi removido da minha orelha direita. Foi uma coisa simples, e eu já estava em casa no período da tarde. É doloroso, mas suportável e hoje já estou no escritório e me preparando para a festa de Purim que será realizada hoje na congregação. As nossas festas de Purim são sempre muito animadas e divertidas, e também sempre tem alguns bons jogos para as crianças, e um pouco de ensino para todos. Por favor, inclua-me em suas orações pelos enfermos.

Continuamos a pedir-lhes que orem pelo nosso projeto de construção. Estamos agora no processo de planejamento do interior do edifício e da real sinagoga. Eu não sei a quantidade exata de contribuições que recebemos para a construção, mas sei que estamos muito longe de alcançar até mesmo um quarto do que precisamos. Por favor, continuem a orar pelo fundo de construção. Falem com a liderança de sua congregação e peça-lhes que orem pela primeira sinagoga dos discípulos de Yeshua em Jerusalém. Se você ou seus líderes e anciãos de sua congregação estiverem interessados em mais informações, por favor, escreva-nos e teremos todo o prazer em lhes enviar as informações. Muito em breve teremos uma rápida apresentação gráfica do edifício e do interior em nosso site. Estamos trabalhando para que ela fique pronta o mais rápido possível. Você pode contribuir através do nosso site usando o PayPal. Você vai encontrar o botão para PayPal em nosso site: www.netivyah.org

Ore pelos enfermos e necessitados: Zvi, nosso querido irmão mais velho vai se submeter a uma cirurgia no olho, no domingo. Ele está muito preocupado por causa de sua idade (perto de 90 anos). Por favor, apresente-o diante do trono de misericórdia de Deus. Sara esposa de Zvi, precisa de oração contínua por sua saúde. Ahuva, Ilana, Leah, e Sarit, todas têm bem mais de 75 anos de idade e precisam de oração por sua saúde. A mãe de Ruby tem mais de 100 anos de idade e Ruby tem tido que cuidar de sua mãe, mesmo quando ela própria está precisando de cura e da graça do Senhor. Paulo continua a melhorar, mas ainda está longe de estar bem de saúde. Oremos por Satu-Maria, e Tim Tucker, e Anna-Majia, na Finlândia. Continuemos a orar por nossos queridos irmãos Ishiida e Sadako, no Japão.

Peço-lhes que orem por meus sogros, os Saunders e sua saúde. Orem por Márcia minha esposa, Danah minha filha, Noaam, e por Barry, meu filho. Minha família precisa da mão misericordiosa do Deus Todo-Poderoso, tanto em matéria de saúde como em outros assuntos que o toque de Deus traga bênçãos e cura e segurança nas coisas espirituais e materiais.

Eu gostaria de ir aos Estados Unidos em meados de julho e ficar até o meio de agosto e trabalhar principalmente arrecadando fundos para a construção. Uma forma eficaz para alguns é fazer banquetes especiais para apresentar o que Deus está fazendo e o que pode ser feito para a salvação de Israel e para que Israel seja bênção para todas as nações do mundo, e especialmente para o Oriente Médio. Por favor, orem por isso. Se você tiver alguma idéia ou sugestão que sejam práticos e se estiver disposto a contribuir para esse projeto, por favor, escreva-me e ore pelo Netivyah.

Na semana passada escrevi sobre o Museu dos judeus marranos vítimas da inquisição católica. Se você quiser doar para a construção do primeiro museu deste tipo em todas as Américas, por favor, acesse o site da ABRADJIN (www.anussim.org.br) . Este museu é importante porque chama a atenção das pessoas para o sofrimento de centenas de milhares de judeus sob a sombra da cruz e da igreja católica e tudo em nome do cristianismo. Para fazer uma correção dessa história errada e horrível é necessário chamar a atenção da geração mais jovem. Esta é a única maneira de assegurarmos que isso não vai acontecer novamente, e é também a única maneira que podemos abrir as portas de Israel para a restauração desses judeus perdidos e ocultos de volta à sua verdadeira identidade e fé.

A batalha pela nossa fé é uma guerra real e estamos na linha de frente aqui em Israel. Precisamos de suas orações e seu apoio. Precisamos que você se posicione conosco como seus irmãos no Messias e como o povo do livro. Precisamos de suas orações e apoio como a vanguarda de chegar a todo o Oriente Médio e ser uma voz de sanidade nesta situação totalmente insana do Oriente Médio. Precisamos de você para orar conosco e por nós e permanecer na Palavra de Deus e confiar em Suas promessas. Agora, como no livro de Ester, Deus pode estar invisível, mas acredite, Ele está lá trabalhando e agindo e se preparando para Se revelar ao mundo através da descendência de Jacó, Yeshua, nosso Salvador e Rei.

Bênçãos – depois de Purim, começamos a nos preparar para a Páscoa, e espero que vocês também estejam com os seus corações preparados para se livrar de todo o fermento velho.

Obrigado por suas orações e seu amor,

Joseph Shulam

quinta-feira, 1 de março de 2012

Lista de Oração de Jerusalém, 22 de fevereiro de 2012.
Por Joseph Shulam

Estou escrevendo de Belo Horizonte, Brasil. Acabamos de encerrar uma conferência de quatro dias aqui no Ministério Ensinando de Sião. Algumas pessoas do Netivyah em Israel participaram desta conferência, Dr. David Stern e sua esposa, Victor Escorgniard, Marcia minha esposa e eu, meu filho Barry e sua esposa Beth Shulam. O atendimento foi o melhor em seis anos. Tivemos mais de 550 pessoas inscritas e muitos discípulos locais de Yeshua que vieram sem inscrição. Tivemos pessoas de vários países sul-americanos, e dos Estados Unidos, e da distante Hong Kong que vieram especialmente para participar da conferência. A mensagem desta conferência foi a Restauração das raízes da nossa fé, a emulação da igreja do primeiro século em nossa vida e congregações e a re-conexão da Igreja a Jerusalém. Posso dizer que todas as palestras foram excepcionais e maravilhosamente inspiradoras. Cada palestrante deu o seu melhor e os mais jovens ultrapassaram os mais maduros e experientes professores. Estou certo de que provavelmente em breve você poderá encontrar alguma das palestras no YouTube.

Peço desculpas por não ter escrito a Lista de Oração de Jerusalém nas últimas três semanas. A verdade é que eu e Márcia estivemos super atarefados e a cada três dias estávamos em algum outro lugar ensinando praticamente todos os dias. Simplesmente não havia tempo para que eu pudesse sentar e me concentrar para escrever alguma coisa. Se eu fosse listar todos os lugares que visitamos e todos os temas de palestras que eu ministrei a lista com certeza iria atravessar os olhos de um rabino. Depois de ter sido liberado do Hospital Jamaica em Nova York, viajamos para Los Angeles. Visitamos Danah e Noaam por alguns dias e eu falei em duas igrejas e ministrei um seminário no sábado. Da Califórnia fomos para Nashville, Tennessee, visitar Barry e sua família e falar em Murfreesboro, Tennessee, na North Boulevard Church. A próxima parada foi em Nova Jersey para estar com uma maravilhosa nova igreja com o nome de Amor e Verdade. Esta foi a primeira vez que visitamos esta igreja e a recepção e hospitalidade dos irmãos para conosco foram magníficas. Em Nova Jersey tivemos o privilégio de visitar a família de um dos meus alunos que é originalmente de Lod, em Israel. Não há prazer maior para um professor do que ver seus discípulos prosperarem e crescerem e ficarem perto de Yeshua. Este querido irmão passou por grandes dificuldades de saúde e isso contribuiu para o fortalecimento de sua fé. De Nova Jersey tomamos o trem AmTrack para a Union Station, em Washington D.C. Lá fomos apanhados e levados para a Virgínia para falar em outra maravilhosa igreja coreana americana e sua hospitalidade também foi maravilhosa com grande incentivo, para nós pessoalmente, como também para o Netivyah e Israel. De D.C., viajamos para Athens, Georgia, para passar alguns dias com uma das primeiras congregações que nos apoiaram por mais de 40 anos. Em Athens também fomos recebidos pelos queridos irmãos e amigos com uma muito antiga, boa, e calorosa hospitalidade do sul. Os dois dias que estivemos em Athens também foram repletos de compromissos. Eu ministrei um ensino para a classe de senhoras idosas, e eu sei que elas não gostam quando falo assim, mas fatos são fatos, o que posso dizer. Talvez eu deva dizer a Classe das Senhoras Bonitas e Maduras. Acho que seria bom eu aprender a ser um pouco mais diplomático, mas na minha idade são poucas as chances de mudar. Foi realmente bom re-conectar com a Campus View Church, em Athens, Georgia, e espero que em algum momento mais tarde eles irão retomar seu apoio à obra do Senhor em Israel e participar mais ativamente.

Depois de Athens, Georgia, partimos dos Estados Unidos para o Brasil. Nossa primeira parada foi em Curitiba, no Estado do Paraná. Ficamos muito felizes em participar da cerimônia de dedicação de um Rolo da Torá na Congregação Sar-El que ajudamos a começar dez anos atrás. Era a dedicação da Torá e a comemoração do décimo aniversário daquela congregação. De Curitiba pegamos um vôo para Vitória, onde os nossos irmãos nos receberam muito bem, e foi uma verdadeira alegria ver aquelas crianças que estavam na escola há 14 anos quando eu as batizei, agora casadas, constituindo famílias, trabalhando em bons empregos, e sendo fiéis ao Senhor e à visão da Restauração. De Vitória, pegamos um vôo para Belo Horizonte para a participação na 6ª Conferência Anual de Discípulos do Messias que buscam a restauração da igreja do primeiro século. Então, como vocês podem ver não havia tempo para sentar e escrever esta lista de oração. Tenho a certeza, no entanto, que todos vocês continuarão a orar por nós, pelo Netivyah, pelos enfermos e pela salvação de Israel e do mundo.

Eu sei que escrever tal roteiro de viagem é um tipo de coisa chata, mas isso deve também demonstrar-lhes que estou bem e novamente em forma após as 48 horas no Hospital Jamaica, em Nova York. Devo dizer que o período passado naquele hospital foi uma boa experiência para nós, porque tivemos uma demonstração da competência do Corpo do Messias. Quando o Corpo do Messias funciona é a instituição espiritual mais maravilhosa no mundo. Para mim durante aquelas 48 horas no hospital o Corpo do Messias trabalhou e trabalhou junto com a tecnologia moderna. Barry, meu filho, teve a idéia de escrever no Facebook, Twitter, e enviar um e-mail para minha lista toda pedindo as pessoas para orarem por mim. Eu acho que Barry, Danah, e Marcia, estavam muito mais preocupados e interessados em minha situação do que eu mesmo. Na verdade eu não estava nem um pouco preocupado, logo que cheguei ao hospital me deram uma medicação forte e uma injeção de morfina. Fui dormir e todos eles ficaram acordados e continuaram a se preocupar.

Agradeço a todos que oraram por mim e por minha saúde. Ouvi dizer que houve algumas pessoas no Brasil que escreveram em seus perfis no Facebook que as pessoas não deveriam orar por mim, que talvez fosse a hora de eu morrer e tornar o mundo um lugar melhor. Bem, estou contente que existem pessoas que pensam dessa forma, porque me dá a oportunidade de decepcioná-los e orar por eles. Eu desejo a eles e a todos os que pensam dessa forma uma vida longa e prosperidade espiritual e uma verdadeira conversão e renovação de sua fé, para que possam se tornar reais discípulos de Yeshua, nosso Senhor, e nascer de novo no Espírito de D-us. Um grande Rabino que viveu alguns séculos atrás, na Romênia e Moldávia, disse: “Se você é um rabino e não tem inimigos em sua congregação, então você não é um rabino.” Ele disse também: “Se você é um rabino e todos na sua congregação são seus inimigos então você não é um Mench (um homem). Portanto, tomem coragem rapazes e continuem buscando a verdade de D-us pela Sua Palavra e a orientação de Seu Espírito que os guiará a toda a verdade. Se D-us quiser, eu pretendo estar por aqui por muito mais anos e continuar a fazer o que estou fazendo agora, pregando e ensinando a verdade da Palavra de D-us e trabalhar pela Restauração do Corpo do Messias.

A notícia de Israel é que o projeto de construção está progredindo muito rápido e estamos prestes a receber a aprovação final e a licença de construção porque estamos terminando e cumprindo todos os requisitos. Isso torna a nossa angariação de fundos para a construção muito importante e urgente. Nesta viagem aos EUA e ao Brasil, muitas pessoas que não são ricas ofertaram generosamente além de suas condições financeiras, para a construção e a Distribuição de Alimentos em Jerusalém. O total vai se aproximando de 80.000 dólares. Louvamos ao Senhor pela generosidade de nossos irmãos, mas temos um longo caminho a percorrer. O que eu gostaria de pedir é que cada um de vocês fale com seus pregadores, presbíteros e organize uma contribuição especial de apoio a Jerusalém para nosso projeto de construção. Gostaria também de repetir a história de Seul, Coréia, onde há dois anos, durante um seminário de ensino, uma irmã muito idosa que andava encurvada, foi até o Dr. Song, e entregou-lhe $1000 dólares americanos. Ela disse que não tinha muito dinheiro, mas se 1000 pessoas dessem cada uma $1000 dólares o dinheiro para a construção seria levantado. Na manhã seguinte, recebemos alguns milhares de dólares de amigos e irmãos queridos. A pequena e idosa senhora contagiou as pessoas com sua iniciativa, generosidade, e coragem de andar até a frente da igreja e dar este dinheiro para Jerusalém. Naquela época, eu só falei deste projeto de construção em termos de oração pelo tribunal em Israel para aprovar as licenças de construção, e não estávamos começando mesmo a angariação de fundos para a construção. Portanto, tomem coragem queridos irmãos e irmãs e dêem o que puderem. Eu sei que D-us está colocando no coração de alguém agora, enquanto estou escrevendo esta lista de oração, uma quantia muito mais significativa de dinheiro, mas qualquer quantia vai ser abençoada e ser uma bênção para Jerusalém. Se alguém precisar de material, mais fatos, mais detalhes, por favor, não hesite em olhar a nossa página da web e também não hesite em escrever-nos e pedir informações. Ficaremos muito felizes em lhe fornecer o que você precisa. A maneira mais fácil de enviar uma contribuição para o Netivyah é através do PayPal na internet. Você pode encontrar o modo de fazê-lo através da nossa página da web: www.netivyah.org

Eu percebo que alguns de vocês estão chocados por eu estar constantemente pedindo ofertas para a construção. Eu, na verdade, raramente falo ou escrevo desta forma ousada pedindo apoio financeiro. Se tratasse apenas de um edifício de pedras e cimento, eu não seria tão ousado ou nem mesmo pediria ajuda. Mas, este edifício representa a conquista do nosso direito de sermos cidadãos iguais, com igualdade de direitos civis, e ser aceitos e reconhecidos pela lei como tal. Este projeto de construção tem a finalidade de abrir as portas da democracia, da igualdade, e do direito dos nossos filhos serem discípulos judeus de Yeshua nosso Messias, no futuro do Estado de Israel e do Corpo do Messias. Este projeto de construção é um trampolim para a preparação do retorno do Messias como Rei dos Reis e Senhor dos Senhores. Se não podemos ter o direito de construir só porque acreditamos que Yeshua é o Messias, onde estaria o futuro da redenção de Israel e onde estaria a nossa liberdade de sermos cidadãos iguais perante as leis de Israel? Onde estaria o único estado democrático em todo o Oriente Médio sem liberdade e igualdade perante a lei? Onde estará você se pelo menos não orar pelos seus irmãos judeus na Terra de Israel? Por favor, orem pela paz de Jerusalém, mas orem também pela paz de seus irmãos judeus na Terra de Israel. Que o Rei entre em breve em nossos corações em Jerusalém!

Ouvi dizer que a mãe de Ruby que tem bem mais de 90 anos está no hospital em Oklahoma City. Temos orado pela saúde de Ruby por um longo tempo e sabemos que já é difícil para ela cuidar de si mesma, portanto, agora é duplamente difícil para ela ir e voltar para cuidar de sua mãe. Por favor, orem por Ruby e sua mãe.

Continuem orando por Tim Tucker, que está na Finlândia. Visitei Paulo no Brasil e ele está melhorando muito, mas precisamos continuar orando por ele. Precisamos também continuar orando pela família Ishiida no Japão. Embora haja um grande progresso na forma como o Sr. Ishiida está funcionando e conseguindo se locomover melhor, ele ainda precisa de nossa oração, e da mesma forma, a Sra. Sadako, e seu neto.

Peço-lhes que orem por Neri um bebê prematuro que nasceu em Israel. Oramos ao Senhor para dar vida a este bebê e usá-lo enquanto ele cresce e se torna forte para Sua própria Glória. Peço-lhes também que continuem orando por minha filha Danah e minha neta Noaam, e por Ilana, Ahuva, Leah, Sarit, Marcia minha esposa, Zvi e Sara, todos em Jerusalém.

Gostaria de pedir-lhes também que orem por nossos irmãos no Brasil. Estou orando para que o Senhor dê a alguns irmãos de lá o desejo e a fome de buscar a paz, unidade, e cooperação uns com os outros. Aqueles que não buscam a paz e não estão dispostos a se sacrificar pela paz com os irmãos na fé vão descobrir que o princípio do Senhor de “Medida por Medida – Mida keneged Mida” funciona. Eles irão aprender que aqueles que não trabalham duro, e batalham ativamente para buscar e manter a paz, terão as guerras, a inimizade, e as divisões que virão de dentro de sua própria casa. Eu detestaria ver o inimigo encontrar espaço dentro das congregações para segurá-las e abalá-las. Todos nós temos problemas e batalhas suficientes com aqueles que estão fora da visão e do Corpo do Messias, não precisamos de mais batalhas com nossos próprios queridos e amados irmãos em qualquer lugar. Vamos orar por isso todos nós ao redor do mundo. Nós precisamos uns dos outros, precisamos ter relacionamento com os irmãos e praticar o dar a outra face e andar a segunda milha primeiramente com os irmãos. Precisamos nos sacrificar pela paz e cooperação no e com o Corpo do Messias e trabalhar muito pela unidade da família de D-us,

D-us abençoe a todos vocês e os guarde em segurança sob Suas asas,

Joseph e Marcia Shulam
Do Brasil agora e na próxima semana de Jerusalém, com a ajuda de D-us.