segunda-feira, 23 de julho de 2012

Lista de Oração de Jerusalém, 19 de julho, 2012


Joseph Shulam do Sul da Califórnia

A notícia de Israel é que um ônibus cheio de turistas israelenses foi bombardeado em Burgas, Bulgária. Uma vez que a Turquia tem sido bastante dura e insensata com Israel e desde que tenha havido várias ameaças à segurança contra alvos israelenses na Turquia o turismo se deteriorou entre a Turquia e Israel. Alguns anos atrás, a área de maior conflito para turistas israelenses era a costa sul da Turquia. No entanto, por causa da situação política os turistas de Israel pararam de visitar a Turquia e mudaram para a costa de ouro da Bulgária em Varna e Burgas. Hoje, um ônibus cheio de turistas israelenses foi bombardeado em Burgas e há pelo menos sete mortos e perto de 30 ficaram feridos, provavelmente, por um fundamentalista islâmico associado ao Hamass, ou uma das organizações terroristas do Hezbollah. A exportação da guerra do Oriente Médio para a Europa é uma das questões mais perigosas que precisa da atenção de Deus e do mundo todo. Os Estados Unidos já pagou um preço alto em 11 de setembro de 2001, quando quatro aviões foram seqüestrados por terroristas islâmicos e mataram milhares de pessoas nas Torres Gêmeas do World Trade Center em Nova York, Washington DC, no Pentágono e no avião que caiu na Pensilvânia. Na verdade, a qualquer momento que alguém está voando e passando por um aeroporto em qualquer lugar do mundo, ele deve lembrar que o Islã está em guerra com o mundo e especialmente com o Ocidente e com o cristianismo e o judaísmo. Deveria estar claro agora para quem tem um cérebro que esta guerra não é por causa de terra, ouro, ou algum elemento tangível pelo qual o homem luta em guerras normais. Esta é uma guerra muito antiga, entre o mundo islâmico e o cristianismo. É a mesma guerra que Salah El-Din lutou contra os cruzados. É a mesma guerra que Jefferson e os Estados Unidos lutaram contra os piratas de Barberry. Jefferson, o presidente dos Estados Unidos foi a Paris para negociar a paz com eles e seus líderes recusaram a paz que os Estados Unidos haviam oferecido a eles e disseram que o que eles querem é que a América se converta ao Islã. Jefferson enviou os fuzileiros navais contra eles e os destruiu em suas bases em Trípoli, Líbia. É por isso que no Hino da Marinha diz “dos salões de Montezuma às praias de Trípoli”. O problema é que Jefferson não é o presidente dos Estados Unidos agora. Se o mundo não condena os terroristas e o terrorismo e a violência contra civis inocentes nos termos mais fortes possíveis isto vai continuar e devorar ambos - os terroristas e suas vítimas. Israel precisa de sua oração e os árabes também e, todo o Oriente Médio precisam de suas orações. Eu sempre oro para que Deus nos dê a vitória sobre os nossos inimigos à Sua maneira, e livre-nos como seres humanos e como a família de Abraão, nosso Pai, de ter que lidar com este mal. Oramos a oração do Senhor: “Livra-nos do mal e não nos induzas à tentação”. Aquele que fez todas as coisas e dá vida a todas as Suas criaturas livra-nos a todos do flagelo de extremistas islâmicos e dos terroristas islâmicos. Cristãos de todo o mundo deveriam entender que o terrorismo islâmico não é apenas contra Israel. Se você simplesmente olhar para o mapa do mundo, e ver onde estão espalhadas as áreas de conflito, as guerras e a morte, você verá que o mapa fala por si só. Na Síria, você tem o presidente Assad matando mais de 15.000 pessoas em poucos meses. Estes são os seus próprios cidadãos, árabes, mulçumanos, membros do seu próprio exército, mulheres e crianças. Você vê a mesma coisa no Egito, Líbia, Iêmen, Kuwait e Tunísia. Mais de 200 cristãos foram mortos inocentemente no Egito desde a queda do presidente Mubarak. Três igrejas foram bombardeadas e queimadas no Egito. No momento em que um povo entra no labirinto do terrorismo e pensa que o terror é uma solução para os problemas sociais e políticos – nesse mesmo momento Satanás está no controle dessas pessoas. Por esta razão peço-lhes que orem não somente por Israel, mas por todo o problema do terrorismo islâmico e qualquer outro que assedia o nosso mundo e o futuro da civilização. Os cristãos nos Estados Unidos da América têm de acordar do aconchego de seu inverno e levantar a voz da sanidade e da razão e fazer como nossos 1.000.000 de afro-americanos que marcharam forte em Washington em um protesto organizado, pacífico, alto e visível.  Os direitos da maioria cristã foram vilipendiados nos Estados Unidos e as Igrejas têm mantido silêncio e permitido que isso acontecesse. Se você acha que esta tendência e a deterioração da sociedade e dos princípios e ética bíblicos no Ocidente vai parar sem grande esforço e sem sacrifício, você terá um dia um choque ao despertar e se achar um derrotado desprovido de qualquer dos seus direitos mínimos. Lembre-se da lei bíblica dada por Deus a todo o mundo. Aqueles que abençoarem a semente de Abraão serão abençoados... Não há necessidade de continuar a citação a realidade fala por si só. Orem, orem, e orem – e jejuem e orem de novo ao Bom Senhor para nos ajudar a exaltá-LO aos olhos de todas as nações. Esta é a única maneira que essa onda de terrorismo internacional vai parar. Coloque os princípios e o ensino de Yeshua, e Ele em pessoa, diante do mundo de uma maneira clara, e permita que o mundo faça a escolha mais uma vez. Será que o mundo vai escolher novamente Barrabás, o terrorista, ou o Messias Filho de Daví? Este é o mais forte apelo evangelístico que eu conheço para os incrédulos de hoje em todo o mundo. Ele não é aplicável somente às questões globais, é aplicável também aos nossos problemas pessoais e às nossas comunidades. Ponha-o para funcionar. A parte mais poderosa das Boas Novas (o Evangelho) é o ensino de Yeshua, e esta é uma das partes menos utilizadas dos Evangelhos.

Por favor, continuem orando por nós, pelo Netivyah e pelo nosso ministério em Israel e em todo o mundo. Ainda estamos orando e esperando que o Senhor responda a nossa necessidade. Fomos informados por nossos arquitetos e engenheiros que em poucas semanas terminaremos todo o trabalho e poderemos começar a construir.  Ainda estamos necessitando de pelo menos 1.500.000 dólares.

Por favor, continuem orando por Udi, nosso querido irmão em Jerusalém que está lidando com o câncer. Orem por Ruby, nossa querida irmã, que agora está sozinha resolvendo seus problemas de saúde. Orem por nossa irmã Liz, na Geórgia, que está lidando com alguns problemas de saúde. Continuem a orar por nossos irmãos em Israel, Ahuva, Leah, Ilana, Sara, Zvi L. e Zvi D., David S., David K., Sarit, Tania, e Márcia. Na Finlândia, precisamos manter o nosso querido irmão Tim Tucker em nossas orações. Fiquei triste porque, enquanto estive lá, em junho, não me foi possível viajar para Kopio e visitar o meu professor e amigo Tim. No Brasil, precisamos continuar orando por Paulo. No Japão, precisamos continuar orando por Shoko, e a família Ishiida, e a Sra. Sadako, e todos os que buscam o Senhor e sofrem de alguma enfermidade. Peçamos a Deus para curar a todos os nossos irmãos em todo o mundo e dar a cada um o testemunho positivo do poder de cura de Suas mãos.

Peço-lhes que continuem a orar por Danah e Noaam. Ambas têm necessidade de um toque divino de cura e de terem relatos positivos de coisas boas que Deus tem para elas.

Estamos orando por aqueles em Israel que recebem alimentos do Netivyah. Precisamos aumentar o número de refeições que distribuímos, porque a necessidade está aumentando.

Precisamos trabalhar em nossas apresentações de mídia na internet.

Precisamos trabalhar na publicação de livros e literatura que publicamos.

Precisamos que Deus abençoe nossos filhos e proteja aqueles de nossa comunidade que estão servindo no Exército israelense.

Temos plena confiança de que nosso Senhor ouve as nossas orações e as responde e, pedimos-lhe para se juntar a nós nessas orações.

Estou encurtando esta carta porque tenho que pegar logo a estrada e viajar para ensinar no deserto da Califórnia.

Deus abençoe a todos e cumpra todas as Suas promessas para com vocês e para com todos nós ao redor do mundo.

Joseph Shulam

terça-feira, 17 de julho de 2012

Lista de Oração de Jerusalém, 12 de julho, 2012.


Do Sul da Califórnia, Joseph Shulam

Foi muito bom estar em Valdosta, Geórgia, para o fim de semana. Muitos anos se passaram desde que estive lá. A melhor parte da visita foi rever velhos amigos do Segundo Grau e compartilhar lembranças dos dois anos no início da década de 1960 quando eu era aluno de uma Escola Cristã, na Geórgia.

A lição que todos nós devemos aprender é que os amigos às vezes são mais importantes que a família. Aqui estão alguns versículos de Provérbios que dizem a mesma coisa:

Prov. 17:17 “Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão”.

Prov. 18:24 “O homem que tem muitos amigos pode congratular-se, mas há amigo mais apegado que um irmão”.

Prov. 27:10 “Não abandones o teu amigo, nem o amigo de teu pai, nem entres na casa de teu irmão no dia da tua adversidade. Mais vale o vizinho perto do que o irmão longe”.

Valorize seus amigos meus queridos irmãos. Em algumas congregações há muitos que são ambos, amigos e irmãos, ao mesmo tempo. Estes formam o centro da nossa irmandade. Há outros que são nossos irmãos, mas não nossos amigos. Estes são muito queridos por nós, mas eles não são realmente nossos amigos. Com eles, você não pode construir uma comunidade, você pode ter um clube, mas não uma congregação com muita facilidade. A congregação necessita de irmãos que sejam também verdadeiros amigos. Aqueles amigos que fizemos anos atrás e que compartilhavam nossas vidas mesmo se não vemos uns aos outros por muitos anos ainda continuamos amigos, e como amigos, nos alegramos quando um de nós está feliz e nos entristecemos quando um de nós está triste. Esta é uma simples qualidade da amizade. Precisamos de mais amizade em nossas congregações. Isto é verdade em Jerusalém, e não só em Jerusalém, mas também em qualquer outro lugar no mundo. Aprendamos mais com o livro de Provérbios sobre outros assuntos, mas especialmente sobre a amizade.

Estou com Danah, nossa filha, e Noaam nossa neta, e, Márcia está aqui desde o início de junho e vai ficar aqui com elas até o final de agosto. Esta é uma grande ajuda para as duas que estão desfrutando da companhia e ajuda da avó. Nós ainda estamos pedindo oração por Danah e Noaam. Elas precisam de um toque da mão misericordiosa de Deus para cura e para tratamento, tanto físico como espiritual de suas vidas.

O meu ensino está indo muito bem, mas os desafios do fundo para construção ainda estão com muita necessidade de um milagre providencial de Deus que irá nos fornecer os fundos para iniciar a construção em breve. Há um grande progresso em nossa autorização e estamos nas últimas duas ou três obrigações e ao terminar o processo devemos começar a construir. Por favor, intercedam pelo suprimento das carências para o início da construção.

A Rádio Kol HáYeshua é uma bênção muito grande, e agora há irmãos em Israel falando em ter um canal de televisão comercial, que poderá vender tempo aos discípulos de Yeshua para transmitir de Israel na língua hebraica. Isto é realmente algo para se orar a respeito e se tal oportunidade se abrir para nós – seria bom para o Netivyah ser um dos primeiros ministérios a usar esse canal e transmitir em todo o Oriente Médio, na língua hebraica, e pode ser também algo em Inglês e Russo, como nós fazemos na Rádio Kol HáYeshua agora. Por favor, orem pela abertura desta oportunidade. Continuamos com a rádio Kol HaYeshua todos os dias, e esperamos por uma apresentação eficaz das Boas Novas para a nossa nação, para o nosso povo, para qualquer um e para todo aquele que ouve a nossa mensagem. Quando eu voltar para Israel vamos continuar a fazer as mensagens do YouTube sobre as parábolas de Yeshua e posteriormente sobre outros temas que serão de interesse de todos aqueles que estão buscando a verdade da Palavra de Deus. Por favor, orem por estas transmissões e sua produção.

Peço-lhes que orem pela equipe do Netivyah. Estão todos fazendo um ótimo trabalho na administração do escritório e os projetos do Netivyah. O desafio de liderar um ministério e servir o Reino de Deus e o Rei dos judeus na terra de Israel nos dias de hoje é muito grande e difícil. Há inimigos de fora e há, até mesmo como nos dias dos Apóstolos, inimigos de dentro. Temos de trabalhar em três frentes em Israel e pode ser em qualquer lugar do mundo onde queremos ver o Reino de Deus florescer: 1) A Unidade do Corpo do Messias. Temos que curar os crentes em Israel de uma abordagem de mentalidade estreita ao dogma e às linhas denominacionais opressivas. A única maneira que podemos trabalhar em Unidade é nos voltar para o simples princípio de Sola Scriptura que Lutero começou, mas não viveu de acordo com seus próprios princípios e, essencialmente, permaneceu católico, mas sem Roma e sem um Papa. 2) Aprender a trabalhar juntos e nos preocupar mais com os nossos irmãos e com o objetivo maior da salvação de Israel ao invés do enfoque restrito de cada um em edificar seu próprio ministério. 3) Aprender a fazer boas obras na terra. Não devemos ser apenas faladores, mas cumpridores da Palavra o que inclui obras humanitárias e de ajuda e participação social no tecido da sociedade israelense. Este último ponto (3) é muito mais difícil do que parece porque há muito para mudar e limpar das culturas e tradições da diáspora e ao mesmo tempo trabalhar duro para se adaptar à vida israelense e hebraica e fazer o bem à população israelense em geral e não nos limitar ao pequeno círculo dos cristãos e missionários na terra de Israel. Estas, em minha opinião seriam áreas e chaves para um testemunho forte e saudável na terra de Israel. Por favor, orem por esta ordem muito alta e pelo desafio que enfrentamos como um corpo do Messias em Israel.

Orem por minhas viagens e reuniões nos Estados Unidos e daqui para o Brasil e do Brasil para a Espanha. Preciso de proteção sobre a minha saúde. Preciso do favor de Deus, do homem, e dos irmãos. Orem por Márcia para que ela tenha força para cuidar de Noaam e ser uma ajuda para Danah.

Orem por nossa equipe em Jerusalém para continuar a ser sábia e fazer um trabalho muito bom em liderar e cuidar da obra de Deus através do Netivyah e da Congregação Roeh Israel.

Orem pelos seguintes irmãos e amigos que precisam de um toque da cura de Deus: Bonnie tem câncer e ela precisa do favor de Deus e da cura. Ruby está lidando com a perda de sua mãe e com uma doença crônica que basicamente tem limitado-a severamente. Tim Tucker, na Finlândia, continua o tratamento de sua doença em um hospital especial. Ele precisa ser curado e fortalecido por Deus. Márcia está enfrentando a Artrite Reumatóide e a diabetes, e peço-lhes para orar por sua cura completa. Ahuva nossa querida irmã está ficando mais idosa e encara tanto a idade avançada como a perda total de sua audição que a tem isolado. Precisamos cuidar de Ahuva e agora estamos à procura de mulheres na Finlândia, que estejam dispostas a vir e passar, pelo menos, seis meses cuidando de Ahuva. Fornecemos à pessoa moradia e refeições e também uma pequena subvenção financeira que irá abrir boas oportunidades e suprirá as necessidades básicas de qualquer um. Oramos por June e Horac, os pais de Márcia no leste do Tennessee. Precisamos continuar a orar por David S., David K., Leah, Sarit, Dra. Tania, Ludmila, Liz, Paulo, e por todas as pessoas que você conhece pessoalmente e que precisam de um toque da mão de Deus para cura.

Está ficando tarde aqui na Califórnia e vou apenas agradecer a todos por suas orações e seu apoio. Temos um longo caminho a percorrer com o fundo para construção e estamos esperando para ver como Deus vai levar você a participar no levantamento dos fundos e na alimentação dos pobres e na apresentação do Messias judeu ao povo judeu de uma maneira judaica.

Bênçãos a todos vocês,

Joseph Shulam

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Lista de Oração de Jerusalém, 28 de junho, 2012.


VISITE ISRAEL COM JOSEPH SHULAM



Por: Joseph Shulam – De: Nashville, Tennessee, EUA

Minha viagem está progredindo bem. As Congregações coreanas em Nova Jersey e em Springfield, Virgina, têm sido maravilhosamente hospitaleiras e acolhedoras e generosas para comigo e com o Netivyah. É realmente uma obra de Deus ver a atitude séria destas congregações para com a Palavra de Deus e para com Israel. Este amor bastante novo encontrado por Israel e pelo povo judeu é um verdadeiro fenômeno mundial, e tem tão fortes raízes e ensinamentos bíblicos. Essencialmente, é uma continuação do Movimento de Restauração, que começou no início do século XIX. Falando em generalidades, o Movimento de Restauração no Ocidente perdeu o vapor e de fato está falhando e secando, mas na Ásia e na América do Sul está apenas agora começando a pegar vapor e seguir em frente. Este fenômeno pode ser conectado com o Anjo do Oriente mencionado em Apocalipse, capítulo sete. É de certa forma inexplicável como os cristãos da Ásia anseiam tanto em participar da restauração de suas igrejas e, ao mesmo tempo participar da Restauração de Israel de volta à Terra. Não é possível, em minha opinião, restaurar a igreja do primeiro século, suas idéias, conceitos, atitudes, ensinamentos e benevolência, sem um de seus principais ingredientes – o povo judeu. Eu sei exatamente de onde a atitude negativa em relação a Israel e ao povo judeu está vindo e com certeza ela não vem da Palavra de Deus. Uma vez eu tinha um pôster no meu escritório que dizia: “Existem judeus no céu. Se você não gosta de judeus você sempre pode ir para outro lugar. Eu ainda não cheguei à metade da minha viagem neste verão, mas já dei, pelo menos, quarenta palestras e aulas, e até mesmo muitas horas a mais de apenas compartilhar e falar sobre a obra do Senhor em Israel. Digo isso apenas com a finalidade de mostrar que ainda há uma grande multidão de pessoas no Ocidente que têm um verdadeiro interesse e fome de conhecer Deus e Sua Palavra. Na noite passada estive em uma congregação em Middle Tennessee que ligou e me convidou para vir e ensinar, como se diz, de improviso, apenas 24 horas antes. Eles receberam muito bem a mim, e a família do meu filho e o ensino também. Preciso de suas orações para a próxima semana. A Universidade em que me formei em Nashville me convidou para ensinar e falar em sua conferência de verão. Este é um grande desafio porque o cenário em Nashville não foi tão amigável para com Israel. Preciso de suas orações para esta conferência de celebração de verão em Nashville.

De Nashville, irei para a Geórgia, ensinar na Igreja Central em Valdosta. Eu não estive nessa igreja desde 1963, e é muito agradável visitar lá depois de tanto tempo, embora a maioria das pessoas que me lembro de lá, já foram estar com o Senhor. Há ainda alguns colegas da década de 1960.

Por favor, continuem a orar por Danah, Márcia e Noaam que estão na Califórnia agora. Todas as três precisam de uma bênção e toque divinos para sua saúde e muito mais.

Continuem a orar pelos mesmos enfermos da lista da semana passada.

Orem pelo Netivyah e pelos desafios de arrecadar fundos para o programa de construção, pelo programa de Distribuição de Alimentos, pelos jovens e maravilhosos líderes do Netivyah e, pela Congregação Roeh Israel. Precisamos de um avanço em todos esses aspectos e como disse o salmista: “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam. A menos que o Senhor guarde a cidade, a sentinela vigia em vão”. A importância do começo e término desse projeto de construção é muito grande para todos os discípulos de Yeshua em Israel, e significa muito mais do apenas um edifício. Trata-se de liberdade e democracia e direitos civis na cidade de Jerusalém e na terra de Israel. Precisamos de suas orações e de seu apoio para isso.

Por favor, visite o nosso site e veja o que você pode encontrar e aprender de: www.netivyah.org

A agitação social em Israel tomou uma virada violenta na última semana. Agitação social descontrolada é o que levou o Egito, Líbia, Tunísia, e em breve levará a Síria para baixo. Israel está enfrentando alguns problemas sociais muito graves que estão enraizados em dois problemas maiores, as questões econômicas, e a questão dos judeus ortodoxos que têm derramado sangue no país e não servindo no exército e não trabalhando e pagando impostos. O governo de Israel precisa de sabedoria para saber o que fazer com esses problemas muito antigos e muito complicados. Estes não são problemas novos, mas eles são ressuscitados agora, com a agitação social e isso cria uma panela fervendo que pode facilmente transbordar a qualquer momento. Ore por Israel!

Deus abençoe a todos e, por favor, continuem orando pelo Netivyah, Israel, minha família, e pela cura de todos os enfermos de nossa lista.

Joseph Shulam